Os 7 principais benefícios para pequenas empresas que você deve conhecer

6 minutos para ler

A lei garante alguns benefícios, como vale-transporte e auxílio-creche (no caso de mais de 30 funcionárias mulheres), no entanto, quais outros benefícios para pequenas empresas disponibilizarem para seus funcionários podem ser atrativos e vantajosos?

Benefícios corporativos são vantagens oferecidas aos colaboradores de uma empresa, como convênios de saúde e odontológico, vale-refeição ou alimentação, descontos em estabelecimentos educacionais, academias, lojas etc. Eles agregam valor ao salário e promovem satisfação entre os funcionários, fazendo da gestão de benefícios um diferencial para a empresa.

Não há dúvidas que esse tipo de recurso traz uma série de vantagens para a empresa, como engajamento, atração e retenção de talentos e employer branding. No entanto, para a realidade das pequenas empresas nem sempre é simples, devendo optar por opções que agreguem valor sem pesar demais no orçamento.

Mas afinal, quais seriam as melhores opções para as pequenas empresas? Preparamos uma lista com 7 benefícios que você deve considerar disponibilizar em sua organização. Descubra quais são eles neste post!

1. Plano de saúde

Esse é o benefício mais oferecido pelas pequenas empresas, tornando-se o mais importante dos benefícios. Não só porque saúde está entre as principais preocupações dos funcionários, como porque investir nela traz uma série de benefícios para a empresa, como redução do absenteísmo e dos custos com acidentes de trabalho, maior engajamento e disposição etc.

Pequenas empresas podem buscar alternativas que caibam no orçamento como planos com coparticipação, em que os funcionários pagam um percentual de consultas, exames e procedimentos. Para se diferenciar e obter vantagens que as operadoras oferecem para pacotes com mais usuários, é possível estender o benefício aos familiares, o que é sempre muito valorizado pelos funcionários.

2. Vale-alimentação

Outro benefício essencial e muito valorizado pelo colaborador envolve a alimentação, que aliás, é também fundamental para garantir a boa saúde. Diferentemente do vale-refeição — aceito em restaurantes e lanchonetes e usado para custear refeições durante a jornada de trabalho — o vale-alimentação é um benefício mais amplo.

Trata-se de um valor mensal destinado para comprar alimentos em estabelecimentos comerciais, como padarias, supermercados e hortifrútis. Esse benefício ajuda nas contas da casa e favorece toda a família, além do que o funcionário pode optar por levar marmita para o trabalho e fazer economia.

3. Participação nos lucros

Uma das grandes vantagens em oferecer benefícios aos funcionários é melhorar a capacidade da empresa de reter talentos, já que eles são percebidos cada vez mais como valor agregado ao salário. No entanto, para uma pequena empresa um pacote de benefícios mais robusto pode ser inviável financeiramente.

Dessa maneira, inovar oferecendo a participação nos lucros é uma saída que motiva os colaboradores a trabalharem por melhores resultados, passando a ideia de que eles podem crescer junto com a empresa. Independentemente da porcentagem oferecida, essa medida tem um grande impacto psicológico e demonstra a visão inclusiva da gestão.

4. Seguro de vida

Outro benefício que vem sendo oferecido pelas pequenas empresas, no sentido de se diferenciar e fugir do pacote básico, é o seguro de vida.

Em geral, o serviço oferece cobertura básica para os funcionários, abrindo a possibilidade de compra de cobertura adicional para a família. Há ainda a opção de seguro invalidez, que consiste em uma porcentagem de salários perdidos caso o colaborador perca a capacidade de trabalhar devido a uma lesão ou doença não associada ao exercício de sua função.

Diante da preocupação com a segurança e futuro de seus filhos e famílias, esse é um benefício que atrai a atenção dos colaboradores.

5. Vale-cultura

Falando em adicionais que agregam valor, o vale-cultura é uma opção relacionada à qualidade de vida, bem-estar e desenvolvimento pessoal dos funcionários. Pensar no tempo livre da sua equipe pode ser uma boa maneira de demonstrar como você se importa com eles.

O Vale-cultura é disponibilizado pela maioria das operadoras de benefícios e trata-se de um valor mensal que pode ser usado em eventos culturais, como ingressos de show, cinema e teatro. Outra vantagem é que sobre esse benefício não incidem encargos sociais e trabalhistas.

6. Parcerias para descontos

Outro benefício interessante que pode oferecer vantagens aos trabalhadores sem pesar financeiramente para a pequena empresa é buscar parcerias com estabelecimentos locais, próximos à sede da empresa.

Descontos em restaurantes, academias e prestadores de serviço como salões de beleza, depilação etc pode ser uma forma bem simples de motivar a sua equipe e contribuir para o chamado salário emocional.

7. Cartões-saúde

Por fim, temos mais um benefício relacionado à saúde, que como vimos, está entre as maiores preocupações dos trabalhadores. Cartões-saúde são benefícios adicionais ao plano que podem oferecer descontos em farmácias e outros estabelecimentos, além de redes credenciadas em áreas específicas como saúde visual .

O Visioncard, por exemplo, oferece desconto em óticas e farmácias, atendimento 24h com aconselhamento e orientação médica online, além de rede credenciada para realização de consultas, exames e cirurgias com especialistas em saúde visual.

Vale lembrar a importância de cuidar da saúde dos olhos dos funcionários, uma vez que os ambientes corporativos oferecem diversos riscos, como a exposição por longas horas à luz das telas de computadores e o ar-condicionado. Ambas condições que promovem o ressecamento e desconforto ocular.

Na verdade, é fundamental cuidar da saúde do trabalhador como um todo, uma vez que funcionários saudáveis faltam menos e são pouco suscetíveis a doenças do trabalho, por exemplo. Se investir em saúde preventiva evita o afastamento dos colaboradores, isso se traduz em retorno para a empresa, que gasta menos com ações trabalhistas e ganha mais com o aumento da produtividade.

Outro ponto relevante é a saúde mental, já que o impacto do estresse no ambiente corporativo é um dos aspectos que mais comprometem resultados, favorecendo erros e perdas na produção. Por outo lado, trabalhadores sob forte pressão e condições estressantes correm o risco de desenvolver doenças do trabalho como hipertensão, obesidade, depressão e ansiedade.

Assim, estar atento aos benefícios para pequenas empresas oferecerem aos funcionários é uma forma eficaz de cuidar da saúde ocupacional, além de trazer outras vantagens já mencionadas.

Agora que você já sabe a importância de promover a saúde dos seus colaboradores, que tal se aprofundar um pouco mais em saúde visual e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto?

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário