[2000 palavras] Saiba tudo sobre os cuidados com a saúde no verão

12 minutos para ler

O verão coincide com o período de férias no Brasil e, geralmente, é a época do ano onde as pessoas se expõem mais ao sol, com passeios na praia e piscina, exercícios em parques e também com o consumo de uma alimentação diferente, já que nessa época as viagens costumam ser comuns.

No entanto, é preciso ter atenção e estar preparado para ter certos cuidados, a fim de não se expor a alguns riscos recorrentes dessa época do ano, como intoxicação alimentar, doenças de pele e até mesmo desidratação. Nesse sentido, os cuidados servem para toda a família.

Ao longo desta leitura trazemos para você tudo sobre os cuidados com a saúde no verão. Acompanhe!

Quais são as doenças mais comuns no verão?

No verão as pessoas estão mais expostas ao tempo, justamente com o objetivo de aproveitar o sol nos passeios de férias. No entanto, algumas doenças típicas dessa época do ano podem acabar com toda a diversão.

É comum as pessoas se perguntarem por que esses problemas ocorrem justamente em um período específico do ano. Na verdade, todas essas questões estão diretamente relacionadas ao clima, já que o período também é propício para muita chuva, além das ondas de calor contribuírem para que o organismo fique suscetível a fatores de risco, mais presentes na estação.

Separamos para você quais são as doenças mais comuns de surgirem no verão. Acompanhe!

Intoxicação alimentar

Durante a estação mais quente do ano, é muito comum que os casos de intoxicação alimentar sejam aumentados. Isso acontece porque o tempo quente contribui para que as comidas estraguem mais rapidamente.

Soma-se a esse fato o consumo de alimentos fora de casa, como em clubes, praias e durante as viagens, fazendo com que as chances de intoxicação alimentar sejam comuns, visto que, além do calor, nem todos os locais seguem os cuidados básicos de higiene.

Diante dessa realidade, quando você perceber os sintomas da intoxicação alimentar, o melhor é procurar um médico, que solicitará os exames para confirmar o diagnóstico. Veja os principais sintomas da intoxicação alimentar!

  • febre;
  • vômito;
  • mal-estar;
  • diarreia.

Micose na pele

As micoses são caracterizadas por infecções causadas pela proliferação de fungos na pele, em especial nas regiões mais quentes e úmidas do corpo, como virilha, entre os dedos e axila. Por causa do calor, é comum o corpo suar, o que favorece as condições de proliferação das micoses.

Dengue

O verão também é a estação que apresenta as condições mais favoráveis para a disseminação do mosquito Aedes aegypti, também conhecido como mosquito da dengue. A doença é a responsável por provocar sintomas como:

  • dores;
  • manchas pelo corpo e
  • febre alta.

A febre pode evoluir e provocar a dengue hemorrágica, um estágio mais avançado da doença.

Conjuntivite

Vermelhidão e secreção que dificulta abrir os olhos pela manhã são os principais sintomas de uma conjuntivite bacteriana, muito comum no verão. Sua transmissão se dá pela água do mar ou da piscina, e é transmitida de uma pessoa para outra.

Otite

O acúmulo de água do mar ou da piscina no canal auditivo também favorece a inflamação ou infecção dos ouvidos. Os sintomas são dores fortes e muito incômodas na região. Em casos mais avançados, pode haver febre.

Insolação

A exposição intensa ao sol, seja na praia, piscina ou em passeios ao ar livre, pode causar a insolação. A causa desse problema é uma alteração no mecanismo que controla a temperatura do corpo. Os sintomas incluem:

  • dificuldade para respirar;
  • vômitos;
  • febre alta;
  • mal-estar;
  • fraqueza;
  • batimentos cardíacos acelerados;
  • tonturas e até desmaios e queimaduras na pele.

Desidratação

A desidratação é definida pelo excesso de perda de líquidos e sais minerais, sendo um problema de saúde comum no verão, devido ao aumento da transpiração.

Em alguns casos, a intoxicação alimentar também pode acelerar a perda de líquidos e minerais, principalmente por conta de diarreia recorrente. De modo geral, eliminamos 2,5 litros de água diariamente, por meio da saliva, urina, suor e fezes. Quando é eliminado mais que esse limite, o quadro pode ser definido como desidratação. Entre os sintomas da doença estão:

  • ressecamento de mucosas (como os olhos e boca)
  • longos períodos sem urinar
  • mal-estar e fraqueza
  • aumento da irritabilidade.

Estresse térmico

O calor em demasia, típico dessa época do ano na maior parte do Brasil, pode contribuir para elevar os níveis de estresse, já que eles influenciam na quantidade de cortisol (hormônio do estresse) no corpo humano. Assim, quanto mais intenso o calor, maiores são as chances de desenvolver quadros de irritabilidade, que culminam no estresse.

Como cuidar da saúde no verão?

Cuidar da saúde é um hábito que deve ser cultivado durante todo o ano, com a atenção à saúde feminina, dos homens e também das crianças. Mas, como o verão apresenta diversos cenários que exigem cuidados, é preciso ficar atento aos cuidados da sua saúde e também da sua família. Veja a seguir quais os principais cuidados com a saúde no verão!

Ingira mais água

A água é a grande responsável pelas funções do organismo humano, que é composto por 70 % de água. Logo, somos formados de forma básica por esse elemento, e estar atento à hidratação é fundamental para uma vida mais saudável.

Acontece que, durante o verão, devido às altas temperaturas, perdemos grande quantidade de água no organismo. Isso acontece porque temos a tendência de transpirar mais. Além disso, como os dias claros são um convite para a prática de atividades físicas, a desidratação do corpo é ainda maior, principalmente por conta dos exercícios de alta intensidade.

É por esse motivo que é recomendado redobrar os cuidados com a hidratação no verão, já que as temperaturas são mais quentes e a perda de líquido pelo organismo é frequente.

Para afastar a ameaça da desidratação, o recomendado é ingerir no mínimo de 2 litros de água por dia. Contudo, se você estiver transpirando mais que o habitual, o aconselhável é redobrar a ingestão de água. Vale ressaltar que uma boa hidratação também é responsável por:

  • ajudar no controle de calorias ingeridas;
  • evitar a retenção de líquidos;
  • melhorar o funcionamento dos órgãos;
  • manter o equilíbrio dos fluidos corporais.

Mas, atenção! O ideal é consumir a água pura. Isso porque o consumo de refrigerantes, sucos e bebidas alcoólicas, principalmente quando açucarados, faz com que o organismo consuma ainda mais líquido e nutrientes do organismo.

Para se lembrar de beber água e tornar o processo mais fácil, o ideal é manter ao seu lado uma garrafinha com o líquido, não importa onde esteja. Isso garantirá a você a ingestão necessária para se manter hidratado e bem disposto.

Caso pratique exercícios físicos, como musculação, aeróbico e corrida, tomar água entre os intervalos é fundamental para se manter hidratado, em especial no verão.

Outra forma de garantir a ingestão de água é baixar aplicativos que te lembram de beber água em intervalos de tempo específicos.

Tenha cuidado com a intoxicação alimentar

Para evitar a intoxicação alimentar no verão, vale a pena seguir algumas regras. Veja a seguir!

  • Preste bastante atenção aos alimentos que apresentam sabor e aroma alterados. Caso perceba alteração, suspenda o consumo.
  • Higienize as mãos antes das refeições.
  • Não ingira alimentos fora do prazo de validade.
  • Não consuma alimentos em conserva com embalagens violadas.
  • Lave bem frutas, legumes e verduras.
  • Não consuma comer carne crua ou mal passada.
  • Lave bem os utensílios de cozinha.

É preciso ter um cuidado ainda maior com as crianças, visto que a intoxicação alimentar recorrentemente pode levar à desidratação severa. Portanto, mediante os primeiros sintomas, procure um serviço de atendimento médico para fazer os exames. Lembre-se de dar bastante água para as crianças, em especial nas situações de intoxicação alimentar.

Mantenha uma exposição adequada ao sol

Evitar se expor ao sol no verão entre 11h e 15h é fundamental para afastar a ameaça da insolação, da desidratação e da elevação da temperatura corporal. Assim, os melhores horários para se bronzear ou fazer atividades físicas ao ar livre são antes das 10h e depois das 16h.

Vale ressaltar que, atividades físicas fora desses horários em ambientes de temperatura controlada, como academias de ginástica, é uma ótima alternativa para manter as atividades físicas em dia, sem comprometer a sua saúde.

Evite alimentação em excesso

O verão no Brasil coincide com as festas de final de ano, como Natal e Ano Novo. Por isso, os cuidados devem ser redobrados e é preciso evitar o consumo de alimentos pesados e gordurosos. Isso porque esse tipo de alimentação exige um trabalho de digestão maior, elevando a temperatura corporal. Como o calor já é forte nessa estação, as chances de você ter um mal-estar são grandes.

Portanto, o ideal é dar preferência para o consumo de alimentos mais leves, cujo percentual de água é alto, como melancia, pepino, laranja e verduras.

Pratique atividades físicas

Já adiantamos que frequentar academias que possuam o ambiente controlado é uma boa opção para não se expor ao sol. Além disso, é preciso investir em uma alimentação equilibrada no verão, além de buscar ajuda profissional com um nutrólogo para atletas, profissional capacitado para orientar quais alimentos devem ser ingeridos no pré e pós-treino durante o verão.

Use protetor solar

O uso do filtro solar é recomendado durante todo o ano, mas deve ser intensificado no verão, que é o momento em que os raios solares se apresentam com maior incidência.

O uso do produto evita o envelhecimento precoce da pele, assim como demais doenças relacionadas, o que inclui o câncer de pele. De acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer, INCA, o câncer de pele corresponde a 27% de todos os tumores malignos do país.

Vale lembrar que, se você tem algum problema de pele, como micose e outras dermatites, deve consultar o seu dermatologista antes de aplicar o filtro solar na pele.

Os protetores solares devem proteger contra os raios UVA e UVB, e para que possam ser absorvidos pela derme e exercer sua função de modo eficiente, é recomendado o uso do filtro 30 minutos antes da exposição ao sol.

A aplicação deve ser feita distraindo de maneira uniforme o creme por todas as partes do corpo. A cada 2 horas a reaplicação deve ser feita, ou antes disso, quando você tiver contato direto com a água ou transpirar em excesso.

Proteja-se contra as doenças do verão

Como adiantamos no início desta leitura, doenças como conjuntivite, dermatoses e insolação são comuns no verão, além de ser a estação mais favorável para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, causador da Zica, Dengue e Chikungunya. Por conta dessa realidade, é preciso estar sempre atento aos cuidados com a saúde no verão.

Separamos algumas ações simples para afastar esse mal. Acompanhe!

  • manter uma boa hidratação;
  • ter uma boa higiene;
  • secar bem entre as articulações;
  • evitar o uso de ambientes públicos;
  • proteger-se do sol;
  • checar a qualidade dos alimentos ingeridos;
  • Não deixar água parada (que pode originar focos do mosquito).

Use roupas mais leves

Com as altas temperaturas do verão, o ideal é vestir roupas leves, que não sobrecarreguem a temperatura corporal, seja a passeio, no trabalho ou até mesmo em casa.

Dê preferência para o uso de tecidos de fibras naturais, como seda e crepe, algodão, linho, que proporcionam que o corpo transpire melhor. Logo, é importante substituir roupas como as calças jeans por tecidos mais leves. Figurinos com modelagem mais solta também são os mais recomendados.

Como vimos ao longo desta leitura, manter a saúde no verão é possível, mas para isso você deve tomar uma série de cuidados e estar atento às doenças mais comuns nesta época do ano, como insolação, desidratação, doenças de pele e intoxicação alimentar.

Além disso, contar com um serviço de assistência médica de qualidade para ser assistido em caso de qualquer eventualidade é fundamental para garantir a segurança das férias em família, além de proporcionar o melhor diagnóstico e tratamento. Logo, ao considerar os cuidados com a saúde no verão da sua família, lembre-se de incluir um bom serviço de assistência médica!

O que você achou deste guia sobre os cuidados com a saúde no verão? Entre em contato para conhecer as nossas soluções em serviços de saúde e esteja preparado para aproveitar a vida o ano todo!

Visioncard: saiba como utilizar um sistema de gestão de saúde online
Posts relacionados

Deixe um comentário