[2000 palavras] Guia completo sobre como cuidar da saúde da família

12 minutos para ler

Cuidar da saúde da família é fundamental para que todos tenham mais disposição no dia a dia e, consequentemente, mais qualidade de vida. Isso engloba uma rotina com mais disposição, mobilidade, boa socialização e também produtividade. Para tanto, é preciso estar atento à saúde física, metal e emocional, além de manter hábitos saudáveis, como boa alimentação, atividades físicas e, claro, fazer acompanhamentos médicos anualmente.

Nesse sentido, manter uma rotina de cuidados com a saúde, mesmo na correria do dia a dia, é indispensável para colher bons resultados no futuro, tendo mais longevidade. Para isso, é preciso o comprometimento de toda a família, já que o estilo de vida dos integrantes do grupo familiar é que vai ditar os resultados obtidos em relação à saúde.

Para ajudar você a cuidar da saúde da família, preparamos este guia completo. Acompanhe!

Benefícios dos cuidados com a saúde da família

Manter uma rotina saudável com toda a família garante mais bem-estar, qualidade de vida e saúde em geral, mas isso nem sempre é uma tarefa fácil, pois para os resultados serem consistentes, é preciso mudar alguns hábitos.

No entanto, com persistência e disciplina, é possível fazer as mudanças necessárias e usufruir dos benefícios proporcionados pelos cuidados com a saúde. Separamos para você quais são as principais vantagens desse esforço. Acompanhe!

Evita problemas de saúde no futuro

Mantendo uma rotina de vida saudável, aliando uma boa alimentação e atividades físicas, é possível evitar várias doenças, como diabetes, hipertensão e até mesmo doenças emocionais, como ansiedade.

Fazendo exames simples de laboratório, de imagem e exames clínicos, é possível identificar — de maneira preventiva — essas doenças e alterações no organismo de modo precoce, evitando o avanço de importantes males, principalmente com relação à saúde feminina. Assim, o diagnóstico precoce, na maioria das vezes, é decisivo para o aumento das chances de cura.

Economiza com gastos maiores

É comum as pessoas se preocuparem com os custos de um checkup. No entanto, a maioria desses exames são bastante simples e rotineiros, sendo precedidos de uma consulta médica.

Você ainda tem a opção por aderir a serviços de saúde com preços de consultas e exames acessíveis, sem que você tenha a necessidade de arcar com um plano de saúde. Dessa forma, você só paga pelo serviço quando realmente precisar.

É fundamental ter em mente que esses investimentos em exames de checkup são importantes para você evitar custos mais tarde. Isso porque, deixar para tratar as doenças quando elas já estão apresentando sintomas, recorrentemente, é mais custoso, já que o investimento para tratamento envolve procedimentos mais complexos.

Melhora a expectativa de vida

Quem é responsável por uma família sabe que longevidade e disposição são fundamentais para dar conta de várias tarefas no dia a dia, e ainda ter tempo para curtir os filhos.

Nesse sentido, para aumentar a sua expectativa de vida, é preciso investir em uma alimentação equilibrada, manter a prática de atividades físicas regulares e sempre consultar o médico. Esse é o profissional mais indicado para fazer os diagnósticos necessários e identificar como vai a sua saúde e a da sua família, o que garante longos anos ao lado das pessoas que mais importam para você!

Promove qualidade de vida

Aliando a prática de exercícios, uma boa alimentação, consultas regulares ao médico da família e especialistas, além de cuidar da rotina, garante mais qualidade de vida para o grupo familiar, ou seja, é possível viver mais e melhor, desfrutando de um corpo e mente saudável, o que proporciona uma vida plena e bem mais leve!

Principais erros na saúde da família

Agora que você já sabe os principais benefícios de cuidar da saúde da família, veja a seguir quais são os erros a serem evitados, a fim de não comprometer o estado físico e emocional dos seus familiares!

Preocupar-se constantemente

Não é somente o corpo físico que precisa ser saudável. Também é necessário ter bastante atenção quanto aos pensamentos de preocupação.

Ser negativo

Conviver com pessoas negativas pode fazer muito mal para a sua saúde e a da sua família. Além disso, é preciso evitar que esse mal se instale na sua casa, já que isso sugará, além da sua energia, a dos demais membros da família e até mesmo de outras pessoas próximas, como amigos. Pensamentos negativos podem ser desmotivadores, colocando em risco todo o seu planejamento para cuidar da saúde da família.

Dormir demais

Dormir de seis a oito horas por dia é suficiente para que você recomponha as suas energias (exceto quando você passou por um grande trauma ou estresse). Fora desse cenário, se você ou algum outro membro da família estão dormindo por longos períodos, saiba que não está recarregando as energias, mas diminuindo o ritmo do metabolismo. Logo, é possível afirmar que dormir demais deixa vocês mais devagar.

Se alimentar mal

O consumo exagerado de açúcar, outros carboidratos e gordura trans causam graves danos à sua saúde. Por isso, é importante você estar atento ao que coloca na mesa da sua família.

Cultivar relações tóxicas

A relação em família nem sempre é um “mar de rosas”, mas é preciso ter atenção para não cultivar dentro de casa hábitos e atitudes que possam provocar relações tóxicas, como o pronunciamento de ofensas que podem levar a rancores.

Tentar agradar a todos

Um hábito comum do chefe de família é tentar agradar a todos, o que é uma missão bastante difícil, já que cada ser humano é único e carrega consigo as suas próprias expectativas.

Afinal, como cuidar da saúde da família?

Cuidar da saúde da família requer disciplina, a adoção de hábitos mais saudáveis e também o comprometimento de todos. Para isso, será preciso estabelecer regras, negociar e dialogar bastante, a fim de se chegar a consensos que facilitem a adoção dessas práticas que são benéficas a todos. Veja a seguir as dicas que separamos para você colocar em prática hoje mesmo!

Façam atividades físicas

A prática de atividades físicas é um importante pilar para a saúde da família. Você pode aproveitar esse momento para estar mais perto das crianças, propor brincadeiras ao ar livre, como pique-pega, andar de bicicleta e pular corda.

Dessa forma, os exercícios se tornam muito mais prazerosos, além de incentivar outras questões, como o desenvolvimento motor e o convívio social dos familiares.

Cuidem da alimentação

A adoção de uma dieta equilibrada, com frutas, verduras, legumes e carnes magras é essencial para manter o corpo saudável. Deixe alimentos mais gordurosos e o açúcar para o final de semana, fazendo com que eles sejam exceção na dieta da família, e não uma regra.

Tenha o calendário de vacinação em dia

Seguindo as orientações médicas, é preciso ficar atento ao calendário vacinal. As vacinas contribuem para que o organismo possa criar e desenvolver defesas que combatam, por exemplo, doenças como sarampo, caxumba, catapora, principalmente na infância.

Além disso, na vida adulta, algumas doenças também podem ser evitadas, como febre amarela, gripe, tétano, hepatite B, entre muitas outras.

Geralmente, essas e outras vacinas são encontradas e aplicadas nos postos de saúde de forma gratuita, totalmente subsidiadas pelo Governo Federal. No caso de crianças, a responsabilidade de manter a carteirinha de vacinação em dia é dos pais.

Cultive o bem-estar

A saúde da família vai muito além do acesso a vacinas, medicamentos, prática de exercícios físicos e de uma boa alimentação. É preciso acrescentar outras atividades que proporcionem bem-estar, como passeios, reservar momentos para fazer o que gosta, ler e, claro, ter momentos de qualidade com a família. O conjunto de todas essas ações e o equilíbrio entre elas é que garantirá a saúde de todos.

Cuidados com a saúde mental

Como vimos nos principais erros cometidos com a saúde da família, pensamentos negativos, assim como pensar demais em apenas uma situação, não é bom para os relacionamentos em família e muito menos para a saúde mental.

Por isso, é importante que a comunicação e o diálogo sejam constantes em família e, caso necessário, a ajuda de profissionais também pode colaborar para o bem-estar do grupo familiar. Identificar casos de ansiedade, estresse e depressão nos estágios iniciais é fundamental para garantir a saúde de todos

Se cobre menos

É preciso curar a dependência de aprovação e de querer dar conta de tudo o tempo todo. É necessário buscar o equilíbrio entre o que é possível, o que você dá conta de fazer, e o que precisa ser feito. Para isso, peça a ajuda dos membros da família.

Invista na higiene mental

Tenha em mente que, se há algo que incomoda você e sua família, conversas e atitudes de conciliação são as maneiras mais estratégicas para resolver as questões. Do contrário, pensamentos constantes de preocupação só servirão para causar irritação e desarmonia entre vocês, o que pode causar angústia e outros males de caráter psicológico.

Logo, investir em uma higiene mental, como meditações em grupo, passeios ao ar livre e, em alguns casos, até mesmo terapia, pode ser a solução para afastar esse mal.

Priorize a qualidade do sono

O sono também é responsável por regular o nosso organismo, por isso, é preciso destinar tempo de seis a oito horas diariamente para recompor as energias e se sentir motivado. Para isso, evite a tela do celular antes de dormir e faça rituais para avisar para o seu corpo que está na hora de descansar. Você pode tomar um banho quente, tomar um chá, ouvir uma música para relaxar, entre outras ações para ir se desconectando aos poucos.

Além disso, mais uma vez, a inclusão de atividades físicas e uma rotina alimentar saudável podem ajudar você a ter um sono revigorante. Também é possível cercar-se de pensamentos e pessoas positivas, cultivar o diálogo e buscar fazer atividades que incentivem o autoconhecimento dos membros da casa.

Faça refeições em família

Estar junto com a família nos momentos da refeição é muito importante. Além de estimular as crianças a comerem melhor, esse também é um importante momento de socialização entre os membros da casa. Essa ação é capaz de promover mais qualidade de vida e bem-estar para o grupo, contribuindo para relações mais saudáveis.

Aumente o consumo de água

Ingerir pelo menos dois litros de água por dia é fundamental para garantir um bom funcionamento do organismo. Além disso, quando você ou algum membro da sua família chegam a sentir sede, isso significa que vocês estão desidratados.

Por isso, o ideal é tomar bastante água, mesmo quando vocês não estejam com sede. A água ajuda a regular o intestino, contribui para o emagrecimento saudável, melhora o aspecto da pele, ajuda a regular a pressão arterial, entre outros benefícios.

Cuide da higiene da casa

Quando o assunto é cuidar da saúde da família, também é importante falar dos cuidados com a casa, principalmente com relação à limpeza. Isso porque, a higienização dos ambientes é fundamental para prevenir infecções e contaminações por vírus ou bactérias.

Nesse sentido, é importante manter a casa sempre limpa e arejada, facilitando a entrada de raios solares. Mofos e ácaros devem ser combatidos, em especial se você tem algum membro na família que é alérgico. Para evitar as crises, troque e limpe de forma regular sofás, colchões, tapetes, roupa de cama, cortinas e outros adereços.

Você pode incluir as crianças em pequenas tarefas, de acordo com a idade delas. Assim, além de ajudar nas atividades do lar, elas ainda aprendem a importância de se conviver em um local limpo e arejado.

Como vimos ao longo desta leitura, cuidar da saúde da família é algo indispensável para garantir uma maior longevidade e também qualidade de vida a todos. Veja que são medidas simples, mas que para gerarem os resultados esperados, precisam do compromisso de todos, e de uma rotina muito bem organizada. No início, pode ser difícil mudar os hábitos já instaurados no seio familiar, mas a persistência e o exemplo dos mais velhos são fundamentais para conquistar a confiança de todos rumo a um estilo de vida mais saudável.

Se você gostou deste guia completo sobre como cuidar da saúde da família, entre em contato para conhecer os nossos serviços e veja como podemos contribuir com o seu bem-estar e de quem você mais ama!

Visioncard: saiba como utilizar um sistema de gestão de saúde online
Posts relacionados

Deixe um comentário