Gestão da saúde: qual a importância para uma empresa?

6 minutos para ler

As empresas mais inteligentes —  e que têm os melhores resultados em seus segmentos —  já perceberam que o investimento em gestão da saúde traz diversos benefícios competitivos, como aumento da produtividade e redução do absenteísmo. Na contramão, ainda existem diversas organizações que ignoram essa prática, e têm seu potencial de desenvolvimento prejudicado.

Neste post vamos abordar qual a importância da gestão de saúde para as empresas e quais requisitos avaliar ao contratar uma empresa gestora da saúde. Acompanhe!

Afinal, qual a importância da gestão da saúde para a empresa?

A correta gestão da saúde dos colaboradores é essencial para garantir o bem-estar e a produtividade dos funcionários. Uma pesquisa realizada pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) com 500 médias e grandes companhias evidenciou que 43,6% dessas organizações consideram que as iniciativas de segurança e de promoção de saúde dos empregados elevam a produtividade, 34,8%.

Mas os benefícios não param por aí. O levantamento apontou que 48% dos responsáveis pelas empresas creditam que o absenteísmo na empresa diminuiu com a implantação da gestão de saúde.

Ainda existem resultados muitos positivos usufruídos pelas organizações que investem na gestão da saúde. Veja a seguir!

Melhora do clima organizacional

Quando as pessoas percebem que a empresa se preocupa em oferecer iniciativas de bem-estar e qualidade de vida, elas se sentem gratas, e isso favorece a construção de um ambiente harmonioso entre todos os colaboradores.

Temos de lembrar que os profissionais passam muitas horas nas empresas, e quanto mais acolhidos, seguros e incentivados eles forem, maior será o potencial de suas entregas, o que eleva o potencial competitivo das organizações.

Nesse contexto, é preciso entender que o clima organizacional também está relacionado à saúde psicológica dos trabalhadores. Isso interfere de forma direta nas entregas individuais e da equipe, já que um clima organizacional positivo é fundamental para que as pessoas possam desempenhar suas funções com eficiência.

Portanto, os investimentos em saúde corporativa são essenciais para que os colaboradores estejam emocionalmente aptos para realizar suas atividades da melhor forma possível e garantir as entregas mais eficientes.

Fortalecimento da imagem de empresa socialmente responsável

Quando a empresa investe na saúde e bem-estar de seus funcionários, ela gera valor para toda a sociedade, contribuindo de forma efetiva para a saúde de seus colaboradores.

Logo, quando a gestão de saúde é bem aplicada, ela gera credibilidade para a corporação, e essa imagem positiva impacta toda a rede de relacionamento da empresa, inclusive os clientes finais.

Como sabemos, a imagem empresarial é um fator decisivo para gerar mais valor para a marca e conquistar novos clientes.

Redução de custos para a empresa

Uma gestão da saúde eficiente vai procurar eliminar ambientes insalubres dentro da companhia. Com isso, é possível extinguir a taxa de insalubridade, e isso diminui o risco de acidentes, afastamentos e o valor devido pelo índice Fator Acidentário de Prevenção (FAP).

Também é possível usufruir dos incentivos fiscais, com redução dos investimentos com planos de saúde e segurança do Imposto de Renda da empresa.

Outros fatores que diminuem os custos das empresas são a diminuição da taxa de turnover, que mensura a rotatividade dos profissionais nas organizações, entre outros fatores.

Além disso, a gestão da saúde nas empresas evita o risco de multas e processos trabalhistas. Isso porque, existem diversas Portarias, Artigos da CLT, Normas Regulamentadoras e Instruções Normativas que regem as práticas da Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho, que também envolvem questões de gestão da saúde corporativa.

Estar em conformidade com a legislação ainda diminui a chance de processos por parte dos trabalhadores, que podem acarretar em indenizações.

É sempre bom reforçar que, de acordo com o artigo 120 da Lei 8.213/91, ao se constatar a falta de atenção quanto às normas padrões de segurança e higiene do trabalho, o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) pode propor uma ação colocando a empresa como responsável, com indenização regressiva para que sejam restituídos os valores dos benefícios pagos pela Previdência Social.

Powered by Rock Convert

O que é preciso avaliar ao escolher uma empresa de gestão de saúde?

É possível contratar uma empresa de gestão da saúde para ajudar a conduzir todos os processos que envolvem o bem-estar e a qualidade de vida dos trabalhadores nas organizações.

Mas algumas questões devem ser analisadas antes de fechar contrato com este parceiro. Separamos as principais a seguir. Confira!

Tempo no mercado de trabalho

É preciso contar com empresas que detenham uma expertise acerca do negócio de gestão da saúde. Dessa forma, você poderá ser mais bem conduzido acerca das questões que envolvem a gestão da saúde e poderá usufruir de uma equipe capacitada e experiente.

Verificar a reputação da empresa com atuais e antigos clientes também é uma boa dica para validar os conhecimentos e poder discernir sobre a reputação da empresa contratada.

Uso da tecnologia

A tecnologia é uma importante aliada em todos os setores dentro de uma empresa, e não é diferente quando falamos da gestão da saúde. Logo, além da pesquisa a respeito da reputação da contratada e sobre seu tempo de mercado, é importante verificar se ela usa a tecnologia para analisar e mensurar indicadores que sejam úteis para a gestão da sua organização.

Equipe técnica experiente

A qualificação e experiência da equipe da contratada também deve ser analisada. É preciso que ela tenha ampla experiência. Com isso, conseguirá inspirar a confiança necessária para a efetivação da parceria.

Como vimos ao longo deste post, a gestão de saúde nas empresas é requisito fundamental para garantir a produtividade das organizações, e isso é fator decisivo para formar equipes de alta performance, capazes de levar a companhia para o patamar desejado.

Além disso, a gestão da saúde é uma responsabilidade social que vai além da ideia institucional e do atendimento à legislação. Ela se preocupa em atender todas as exigências de saúde, bem-estar e segurança nas companhias.

Com isso, é possível zelar pelos colaboradores e proporcionar uma melhor qualidade de vida para os seus funcionários. Logo, esse investimento é essencial para criar uma imagem de referência e autoridade no mercado de atuação da sua empresa.

Se você gostou deste post sobre gestão da saúde: qual a importância para uma empresa, siga-nos nas redes sociais para acompanhar mais conteúdos como este!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário