Nova SIPAT: quais as tendências para essa semana?

6 minutos para ler

A pandemia causada pela Covid-19 mudou a rotina de empresas e seus funcionários. Mas, como o cuidado com a saúde e o bem-estar no trabalho não podem ser interrompidos, a nova SIPAT deve acontecer nas empresas de forma obrigatória. Para isso, alguns ajustes devem ser realizados, a fim de garantir que as medidas de profilaxia para conter a disseminação do vírus sejam implementadas.

Nesse cenário, a SIPAT tem a importante função de formar e conscientizar os trabalhadores acerca da segurança no ambiente de trabalho, e deve ser cumprida pelas empresas visando afastar possíveis riscos à saúde do trabalhador no ambiente laboral.

Ao longo desta leitura você vai saber mais sobre a nova SIPAT e as tendências para essa semana nas empresas. Acompanhe!

O que é SIPAT e quais seus objetivos?

A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho), composta por membros da empresa e funcionários, deve realizar anualmente a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT). A iniciativa é regulamentada pela NR-5, e é obrigatória para todas as empresas, pois é tida como uma Campanha de Saúde e Segurança.

As ações têm a finalidade de promover a conscientização dos trabalhadores acerca da importância da segurança nos locais de trabalho. O evento aborda quais são as condutas fundamentais para a promoção da segurança no ambiente laboral, informando aos trabalhadores como se manter fora de perigo.

Para tanto, o evento conta com palestras e atividades que evidenciam os procedimentos para que as tarefas sejam realizadas da forma correta, afastando o risco de acidentes.

Na SIPAT é mostrado para os colaboradores como realizar os procedimentos corretos com relação ao uso de equipamentos, manuseio de máquinas, equipamentos, produtos, entre outros.

No encontro, também são abordados temas como:

  • doenças sexualmente transmissíveis, a exemplo do HIV;
  • ergonomia e ginástica laboral;
  • qualidade de vida;
  • Lesões por Esforços Repetitivos (LER)
  • Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT);
  • a importância da atividade física, entre outros.

Quais as tendências da nova SIPAT?

Para que os objetivos da nova SIPAT sejam alcançados, é preciso fazer algumas adaptações, a fim de manter o distanciamento social, evitar o contato físico entre os participantes, entre outras questões.

Para isso, é preciso contar com a ajuda dos integrantes da CIPA e técnicos de segurança do trabalho, que serão os responsáveis por identificar as necessidades dos colaboradores com relação à segurança e prevenção a acidentes.

Separamos para você, a seguir, as principais tendências para a nova SIPAT. Acompanhe!

Novos formatos de informação

A tecnologia é a solução mais eficiente para ajudar no distanciamento social e também evitar o contato dos colaboradores. Por isso, ela pode ser usada para que as atividades aconteçam de maneira remota, onde o palestrante pode transmitir as principais informações acerca dos temas propostos, e ainda incentivar a interação dos participantes por meio de videoconferências.

Jogos online, rankings e quizzes também podem ser usados para viabilizar as atividades, deixando-as mais interessantes para todos os participantes. Uma ferramenta que pode ser usada para facilitar a nova SIPAT é a realidade aumentada, que chama a atenção dos colaboradores e ainda eleva o nível de engajamento.

Portanto, o uso da tecnologia pode ser utilizado para facilitar os processos, por meio do compartilhamento de vídeos, imagens, e-books, podcasts, esquemas de jogos, entre outros.

Essa interação por meio da tecnologia é facilitada porque, atualmente, já existem uma maior adesão das pessoas para a utilização de ferramentas tecnológicas, bem como o seu acesso é facilitado.

Soluções inovadoras

Caso parte dos trabalhos da nova SIPAT aconteça de forma presencial, também será preciso pensar em novas soluções para incentivar a participação dos funcionários. Os panfletos, por exemplo, devem ser substituídos por mensagens online e, dessa forma, o contato com a superfície do papel, que pode estar contaminado, é evitado.

Logo, uma comunicação eficiente para a nova SIPAT envolve a identificação de novos formatos de conteúdo, para que as informações possam acontecer atingindo o seu objetivo, ou seja, fomentar a prevenção de acidentes.

Identifique as necessidades dos colaboradores

Para que os conteúdos apresentados pela nova SIPAT sejam realmente relevantes para os públicos internos da empresa e, dessa forma, cumprir o seu papel, é preciso pensar na aplicabilidade dessas informações transmitidas para o cotidiano dos trabalhadores nas organizações.

Logo, a comunicação entre empresa e RH deve ser bastante objetiva e clara. Uma forma de fazer isso é analisar os dados dos acidentes ocorridos na empresa no ano anterior, para pautar o desenvolvimento dos conteúdos.

Evite aglomerações

Para evitar aglomerações, no caso das atividades acontecerem presencialmente, é preciso garantir que as equipes sejam reduzidas e, para isso, a organização da nova SIPAT deve propor atividades mais ativas, onde o próprio funcionário possa ser protagonista do seu aprendizado.

Fique atento à higienização dos ambientes

Além de evitar aglomerações, também é necessário pensar na higienização constante dos ambientes onde as atividades da nova SIPAT acontecerão. Assim, de forma periódica, é preciso fazer a higienização de interruptores, máquinas de café, botões e bebedouros, por exemplo.

O álcool em gel é um item de fundamental importância e deve ser disponibilizado nas salas para que todas as pessoas possam ter acesso. Soma-se aos cuidados de profilaxia a disponibilização de máscaras descartáveis.

Assim, mesmo garantindo o distanciamento social entre as equipes, é preciso estar atento para evitar o contágio, e para isso, o número reduzido de participantes é fundamental. Além disso, é indicado que as atividades aconteçam ao ar livre, em ambientes mais arejados e com grande circulação de ar. Com isso, as partículas de ar que podem estar contaminadas não ficam concentradas no ambiente.

Como vimos ao longo desta leitura, a SIPAT deve acontecer nas empresas mesmo no atual cenário de pandemia, pois ela é uma ferramenta para conscientizar os trabalhadores acerca dos riscos que ele encontra em seu ambiente laboral.

Diante disso, a nova SIPAT pode ser realizada com os devidos cuidados de profilaxia, sendo a tecnologia uma forte aliada dos organizadores e da própria empresa para preservar a saúde dos colaboradores nesse momento.

Lembrando que a VISIONCARD tem bastante experiência em promover a SIPAT na sua empresa, basta falar com um de nossos consultores. Envie-nos um e-mail para contato@visioncardbrasil.com e vamos até você.

Se você gostou deste artigo sobre Nova SIPAT: quais as tendências para essa semana, compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas possam pensar sobre o tema! 

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.