Confira  6 dicas de como escolher um oftalmologista infantil!

6 minutos para ler

Boa parte do desenvolvimento infantil se apoia nas imagens captadas pelo aparelho ocular e encaminhadas ao cérebro pelo nervo óptico. As idas ao médico permitem prevenir doenças da visão e problemas nas fases de alfabetização e socialização do seu filho, contribuindo para um crescimento saudável e positivo. Assim, é muito importante que a criança seja atendida por um oftalmologista infantil para assegurar a saúde dos olhos

Esse profissional tem a formação adequada para avaliar o estado da visão do pequeno e propor tratamentos, caso sejam necessários. Além disso, esse especialista tem habilidade e preparo para lidar com crianças, contando com recursos para tornar a consulta mais fácil e confortável.

Preparamos este conteúdo especial com dicas sobre como escolher um oftalmologista infantil. Continue acompanhando para aprender mais sobre o tema!

Como escolher o oftalmologista infantil mais apropriado?

Para escolher um oftalmologista infantil para o seu filho, é necessário pesquisar bastante e olhar alguns pontos essenciais. Confira os tópicos a seguir para selecionar um bom profissional da saúde visual!

1. Avalie a experiência do profissional

O oftalmologista infantil conta com muitos anos de estudo e dedicação. Esse profissional tem formação em medicina, deve realizar residência em oftalmologia por 3 anos e faz pós-graduação em oftalmologia pediátrica, em um período médio de 2 anos. Dessa forma, o especialista tem um grande arcabouço teórico e boa experiência prática na área. Procure conhecer a formação do oftalmologista pediátrico para fazer a sua escolha.

2. Analise como o profissional se comunica com as crianças

Nas oportunidades que surgirem para se comunicar com o profissional e até mesmo em primeiras consultas, nas quais você realiza uma avaliação do médico, observe como o oftalmologista infantil se relaciona e se comunica com a criança. A ideia é encontrar um especialista que tenha jeito com crianças, sem um tratamento frio e distante demais (o que é aversivo para o pequeno), e sem apego e infantilização excessivos (o que subestima a capacidade da criança).

Um exame oftalmológico, por exemplo, pode ser muito desconfortável para o pequeno. É um ambiente estranho, e o médico, a princípio, é uma pessoa desconhecida. Além disso, os aparelhos oftalmológicos podem passar uma impressão um pouco assustadora no universo infantil. 

Assim, observe quais estratégias o oftalmologista pediátrico encontra para tornar esse conjunto mais confortável e acolhedor para o seu filho. Muitos especialistas são bastante criativos e criam oportunidades para ter mais adesão e participação no exame — e, se houver, em um tratamento.

3. Veja se o consultório é adequado para crianças

Muitos consultórios médicos são conhecidos pela frieza, cores claras e por serem ambientes pouco convidativos. A sala de um oftalmologista pode ter muitos equipamentos e dispositivos estranhos, que podem alimentar a imaginação fértil de uma criança com medos e ideias assustadoras. 

O oftalmologista infantil sabe dessas questões, por isso, ele organiza um ambiente um pouco mais acolhedor para a criança, tornando-o mais receptivo. Os recursos podem ser vários, como brinquedos, materiais de desenho e livros. Verifique como é a sala do profissional e se o ambiente é favorável para a consulta não ser desconfortável para a criança.

4. Converse com os responsáveis de outros pacientes

Às vezes, é possível se informar um pouco mais sobre o oftalmologista infantil, conversando com outras pessoas que já levaram suas crianças para serem atendidas pelo profissional. Elas podem contar da própria experiência e ajudar você na tomada de decisão. É possível encontrar esses familiares de pacientes nas filas de espera, na saída do consultório ou na clínica, nos corredores de um hospital e conversando com familiares e amigos.

5. Faça uma boa pesquisa

Ao conseguir uma referência de um profissional, leia sobre ele e busque informações na internet. Se você tem um plano de saúde, veja se há informações sobre o especialista nos informativos ou na página do plano. Pesquisar é importante para encontrar alguém bastante capaz de fornecer um bom atendimento à criança. Você pode também conversar com os recepcionistas da clínica ou do consultório para entender mais sobre a trajetória profissional do especialista.

6. Conte com a VISIONCARD Brasil

A VISIONCARD é uma empresa gestora de saúde, com planos exclusivos para saúde visual. Conectamos pessoas e empresas com planos de saúde em todo o território nacional. Realizamos a intermediação do processo para que você possa contar com os melhores especialistas da área de oftalmologia.

Nossa proposta é que sua família tenha uma rotina de consultas regulares ao oftalmologista, de forma ágil, prática e acessível. Disponibilizamos também um aplicativo para atendimento em saúde, com aconselhamento sobre sintomas 24 horas por dia. Podemos ajudar você a encontrar o melhor oftalmologista infantil para o seu filho e cuidar bem da saúde da família.

O que difere um oftalmologista infantil de outros profissionais da área?

Um oftalmologista infantil é especializado na área, e entende sobre o desenvolvimento ocular de acordo com a faixa etária da criança. Os olhos se desenvolvem até os 5 anos de idade, então, consultas regulares nesse período inicial da vida são essenciais. Assim, se houver qualquer problema, ele pode ser remediado precocemente.

Conforme mencionamos, o oftalmologista infantil tem tato com as crianças e deve se comunicar bem com elas. Além disso, esse profissional conta com um consultório preparado, com meios lúdicos para tornar a consulta mais confortável. 

Outra questão importante é que o oftalmologista infantil recomenda tratamentos possíveis e tenta encontrar alternativas que se encaixam na vida da criança. O uso de tampão ou óculos, por exemplo, pode provocar muito desconforto a princípio, mas o especialista consegue conversar com o pequeno sobre a importância da adesão ao tratamento.

O oftalmologista infantil gera grandes contribuições para o desenvolvimento da criança, auxiliando na avaliação de possíveis problemas e no tratamento de doenças oftalmológicas de forma precoce, para evitar prejuízos no desenvolvimento do pequeno. Esse especialista possui amplos conhecimentos na área, adquiridos por anos de formação e experiência.

Escolher um oftalmologista infantil demanda alguns esforços para encontrar o profissional certo. Isso pode ser mais fácil com apoio de uma pesquisa e de boas referências e indicações. A VISIONCARD Brasil conecta você com ótimos especialistas, além de contar com aconselhamento em saúde 24 horas. 

Gostou de nossas dicas sobre como escolher um oftalmologista infantil? Aproveite e entre em contato com a VISIONCARD Brasil!

Visioncard: saiba como utilizar um sistema de gestão de saúde online
Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.